Artigos

O Festival de Wesak

Avaliações:
(0 votos)
985 vezes

Himalaia, Montanha Kailash – 07.02.2020


3 dias antes e 3 dias depois, banhe-se nesta energia de Bençãos!
Medite, momento único, e absorva tanta Luz de Evolução!

Primeira vez depois deste evento que a Terra parou e nós tb!
Será impressionante nossas Bençãos! Até lá!
Quando fores dormir peça para ir para lá, no Himalaia!
Silvia Fleury 11 984 29 7035
www.solaraholistico.com


A GRANDE INVOCAÇÃO

Do ponto de luz na mente de Deus
Que flua a luz à mente dos homens
Que a Luz desça à Terra
Do ponto de amor no coração de Deus.
Que flua o amor aos corações dos homens
Que Cristo retorne à Terra!
Do centro onde a vontade de Deus é conhecida,
Que o propósito guie a vontade dos homens,
O propósito que os Mestres conhecem e servem!
Do centro a que chamamos a Raça dos Homens,
Que se realize o Plano de Amor e Luz
E feche a porta onde se encontra o mal!
Que a Luz, o Amor e o Poder restabeleçam
O Plano Divino sobre a Terra,
Hoje e por toda a eternidade!


Grande Fraternidade Branca

O Festival de Wesak deriva seu nome a partir do mês do calendário lunar indiano em que ela ocorre - Wesak ou Vesak (é uma palavra em Sinhalese, língua do Sri Lanka); tem origem no sânscrito Vaisakha; e corresponde a abril/maio do nosso calendário ocidental, e, refere-se a festa de Ano Novo budista, que comemora o nascimento, a iluminação e a parinirvana a ascensão" (o nirvana final após a passagem de Buda, depois que ele não precisa mais renascer).

Alguns festejam O Festival de Wesak na lua cheia de maio, mas nem sempre ela estará em Touro. A Grande Fraternidade Branca tradicionalmente celebra Wesak durante o Sol em Touro e a lua cheia em Escorpião.


Em 2020, isso ocorrerá em 07 de maio às 07:45hs.

O Festival de Wesak é o momento em que Gautama Buda aparece sobre um Vale no Himalaia para dar a sua bênção anual a seus devotos no Oriente e aos iniciados da Grande Fraternidade Branca em todo o mundo.

Como a chama de Gautama engloba a Terra, toda a vida recebe a Sua bênção; incluindo os anjos, os elementais, e as almas no caminho da cristandade individual. Gautama dirige-se a seus discípulos em todo o mundo, contatando-os em diversos níveis de suas consciências em evolução, e abençoando a toda a vida.

Em memória a natureza compassiva do Buda; budistas consagram este dia para entoar orações e mantras, celebrar o dia com serviços devocionais e atos de bondade; seguir procissões e cerimônias sagradas; realizar atos de compaixão em honra ao Buda, levando alimentos e ajuda aos monges, e, liberando aves de cativeiros.

Alguns dizem que o Buda é visto fisicamente por alguns adeptos e devotos enquanto ele ministra a sua inundação "de bênçãos" para a Terra. É também o momento para o sacrifício de elementos da natureza inferior do ser, para que a natureza superior de Deus possa descer ao templo do devoto.

Como o calendário lunar difere, de uma região do mundo para outra, este festival pode ser realizado em datas diferentes, dependendo do lugar onde se realize; levando sempre em consideração a lua cheia de maio, em escorpião.


Gautama Buda é o Senhor do Mundo, o “buda do presente”.

Gautama Buda em 1 de Janeiro de 1956, tornou-se Senhor do Mundo, mantendo em níveis internos a posição/ função do mais alto governante da Terra, liderando a hierarquia espiritual do planeta.

Ele alcançou a iluminação de Buda a 25 séculos, a senda por ele trilhada ao longo de inúmeras encarnações anteriores, que culminaram em sua meditação de 49 dias sob a arvore Bo, por isto ele é chamado de Gautama, o Buda.

Ele detém o cargo de Senhor do Mundo, sustentando com seu Corpo Causal e a Chama Trina, a centelha e a consciência divina para as evoluções da Terra, que estão aproximando-se da senda da Cristicidade pessoal.

Sua aura de Amor e Sabedoria que envolve o planeta, provém de sua incomparável devoção à Mãe Divina. Ele é o hierarca de Shamballa, o retiro original de Sanat Kumara, atualmente no plano etéreo sobre o deserto de Gobi.

Em 18 de abril de 1981, o amado Gautama estabeleceu sua Shamballa Ocidental nas terras virgens norte-americanas, na fronteira norte do Parque Nacional de Yellowstone, no retiro interior do Rancho do Royal Teton.


Na Perola de Sabedoria Vol. 19 No. 19 - Pelleur nos brindou com um ditado dado a mensageira Elizabeth Clare Prophet - 1976

“Convido-vos a estar lá em Shamballa, no festival de Wesak, com o Senhor do mundo, enquanto ele espalha o dossel de sua consciência sobre a Índia, o lugar onde os ensinamentos do Buda foram trazidos para a manifestação. Todos na vida elemental alegram-se, e curvam-se diante do Senhor do Mundo, como seu Deus, e como seu Salvador. Pode-se dizer que os elementais são budistas por natureza, e cristãos em formação!”


Na Perola de Sabedoria Vol. 21 No. 29 - Gautama Buda deu um ditado a mensageira Elizabeth Clare Prophet - 1978

“Eu vim na chama da paz! Todos esta noite na Terra, aqueles que estão em paz com a lei interior do Ser; irão receber a minha paz. Todos os outros vão compreender que o Anjo da Paz irá ignorá-los e eles não saberão que o Senhor de todo o mundo falou; e que os Cristos Cósmicos e os Budas apresentaram-se, e que as crianças da luz seguirão livres porque a palavra neles ganhou mais poder neste dia de hoje. Eu estou no ciclo de 24 horas de Wesak, falando aos vossos corações e às evoluções da Terra. Vão dormir agora e venham para o vale na Índia, onde as almas se reúnem para a festa permanente da chama da lei. Eu estou em vocês para sempre o Buda, quando vocês são o Buda da chama.”

Se vc não quer mais receber nosso email responda com Remover!

Compartilhar:

Deixe um comentário

Sua opinião é bem-vinda, sempre que colocada com a educação e o respeito que todos merecem. Os comentários deixados neste artigo são de exclusiva responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.

Busca

Recentes